11 de abril de 2012

“________________________até ao lugar da passagem. outra ."
.................................................................. Isabel Mendes Ferreira


________
até uma ponte de passagem para as searas, os rios, as casas
até uma ponte de passagem para as aves, o céu, uma respiração silente
até uma ponte de passagem para os olhares, os gestos, as palavras justas
até uma ponte de passagem para outras as palavras, luz de humanidade
até uma ponte de passagem para a raíz das estações do ano
até uma ponte de passagem para a madrugada do dia seguinte
até uma ponte de passagem para a poalha sobre o mar
________
...

3 comentários:

hfm disse...

Muito belo e cantante!

heretico disse...

a(s) ponte(s) que abraçam...

belíssimo.

beijos (para as duas)

Graça Pires disse...

Cantante, este poema...

Obrigada por te lembrares de mim no envio da "antologia". Já li os teus poemas que achei muito bons.
Bem hajas e um beijo.